Em manifesto AOPM comenta declaração da SSP/SP que culpa governo federal por impedimento de repasses




"Nós da área Institucional da Associação dos Oficiais, nos reservamos o direito de, na condição de legítimos representantes da Categoria de Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo, nos manifestarmos com incontida preocupação com as posições da Secretaria de Segurança Pública sobre os motivos, que a levaram publicamente culpar o Governo Federal, por ter impedido o repasse dos índices inflacionários nos últimos 4 anos, ao contrário do que fizeram outros Estados da Federação e como preceitua a Constituição da República.
A dilapidação dos salários da Polícia Militar, nos coloca hoje como a pior remuneração do Brasil, de Soldado a Coronel. Somos a Polícia que mais horas trabalha, temos a maior eficiência no combate ao crime e de sol a sol garantimos a defesa do cidadão brasileiro que aqui vive.
Por que motivo o Subsecretário de Segurança Pública, logo após o anúncio em São José dos Campos por parte do Governador, que haverá a reposição salarial, tenta explicar as promessas não cumpridas desde campanha?
O que está por vir? Qual é esta incógnita do Governo do Estado? Qual a razão desta estapafúrdia declaração, o que se está tramando?
Todos sabemos que culpar o governo federal é a mais vergonhosa e inaceitável justificativa. A omissão da secretaria e governo do Estado nestes últimos 24 anos de sucessivos mandatos, nos colocou no recurso humano mais vilipendiado do país. Mas, nos remanesce a preocupação, pelo bem de todos, por que esta declaração agora e com qual objetivo?
Uma coisa é ser governo, outra muito distinta é coonestar com a injustiça promovida contra o próprio irmão de sangue e de alma. Isto não foi leal e esperamos todos nós que não seja constante de modo que vire injustiça eterna."

Coronel Res PM Flammarion Ruiz

Associação dos Oficiais da Polícia Militar /SP

Vice-presidente Administrativo e Institucional

10 visualizações0 comentário