GDF quer gestão do Fundo Constitucional para dar reajuste a forças de Segurança



Segundo matéria publicada pelo portal Metrópoles na noite de quinta-feira, dia 5 de setembro, o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse que está negociando com o Palácio do Planalto a edição de uma medida provisória que transfira para o Governo do DF (GDF) a gestão do Fundo Constitucional (FCDF).


A matéria traz a afirmação de que para o emedebista, a medida "facilitaria a concessão de reajustes salariais às forças de Segurança: polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros. Atualmente, o Buriti depende da União e de aprovação do Congresso Nacional para alterar salários das corporações brasilienses".

“A discussão está em curso diretamente com a Presidência da República”, afirmou Ibaneis. O ministro Jorge Antônio de Oliveira Francisco, PM reformado que assumiu o comando da Secretaria-Geral da Presidência, está cuidando do assunto. “Foi criado pelo presidente da República um grupo de trabalho. Já tiveram reuniões. E as ideias estão evoluindo”, contou.


Para Ibaneis, a decisão de reajustes das Forças de Segurança não pode ficar mais no Congresso. “Fica uma situação muito ruim porque deputados de diversos estados que não conhecem as nossas necessidades, senadores da mesma maneira, vão analisar um texto dos quais em tese não têm conhecimento”, argumentou.

185 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
LOGO AMEBRASIL verticalAtivo 1_3x.png
Benefícios