Modelo de Segurança adotado no Chile impressiona comitiva do Senado Federal



O Senado Federal enviou uma comitiva ao Chile, nos dias 2 e 3 de maio de 2019, para conhecer de perto o modelo de segurança pública chileno.


A ida da comitiva foi motivada pelo país ser considerado um dos mais seguros da América do Sul, e até mesmo do mundo, e pelo alto índice de solução de crimes, especialmente os de homicídios, que é superior a 80%.


Com a visita, a comitiva pode conhecer, ouvir e trocar experiências com as autoridades chilenas, passando pelo PDI, a Polícia de Investigações (similar à Polícia Federal), os carabineiros (similar à Polícia Militar) e o Ministério Público do Chile, Instituição nacional e encarregada das investigações criminais (retirando a necessidade da figura do Delegado de Polícia e do inquérito policial).


A visita, que durou dois dias, também passou por presídios, que revelou uma situação totalmente diferente e superior. 


As impressões e os relatos da comitiva mostram o quanto o Brasil ficou para trás com relação à segurança pública, ao efetivo policial, à tecnologia, metodologias, à condução do ciclo completo já iniciando com a Polícia Militar e os investimentos relacionados. Itens que fazem toda diferença para uma vida social mais tranquila, produtiva e que têm estimulado o crescimento da economia chilena por sua atratividade ao capital estrangeiro.

Para ler o relatório completo da visita, Clique aqui


0 visualização
LOGO AMEBRASIL verticalAtivo 1_3x.png