Projeto prevê reaproveitamento de PMs e bombeiros inativos




O Projeto de Lei 6135/19 permite o reaproveitamento de policiais e bombeiros militares aposentados por deficiência física em atividades-meio das corporações. Segundo o texto, que tramita na Câmara dos Deputados, o profissional deverá ser remunerado, segundo critério definido pelo estado ou pelo Distrito Federal, sem a incidência de encargos previdenciários.


A proposta, de autoria da deputada Soraya Santos (PL-RJ), determina ainda que o aproveitamento do militar preza pela sua recuperação física e psicológica. Segundo ela, a proposta tem foco no interesse público e beneficia os próprios policiais e a toda a sociedade.


“Beneficia o policial militar ou bombeiro militar inativo cuja carreira quase sempre foi interrompida, retirando dele a possibilidade de promoção para viver dignamente com sua família, além do que, tal situação pode gerar situações de estresse, depressão e suicídio”, disse.

“O texto beneficia também a sociedade como um todo, porque, ao utilizar inativos em atividades-meio, liberam-se policiais para reforçar a atividade-fim, como o policiamento ostensivo e resgates”, completou.

Tramitação


O texto em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

0 visualização
LOGO AMEBRASIL verticalAtivo 1_3x.png