Portal Notibras realiza matéria com AMEBRASIL sobre o foguetório do STF

Em matéria escrita por Mário Camargo, o portal entrevista o presidente da AMEBRASIL, Cel. Wellington Corsino do Nascimento, sobre o episódio ocorrido.

Na entrevista, o coronel Wellington Corsino do Nascimento classificou como ‘um equívoco’ o fato de o governador de Brasília, Ibaneis Rocha, ter demitido o comandante da Polícia Militar do Distrito Federal por suposta falha no esquema de segurança do Supremo Tribunal Federal, alvo de ataques com fogos de artifício do agora desmantelado grupo ‘300 do Brasil’.


Mas, embora reconheça que há sinais de crise institucional pipocando em algumas regiões, Corsino avalia que o momento é de colocar os pés no chão e dialogar em todas as esferas do poder. Segundo ele, as manifestações de apoio de policiais militares ao presidente Jair Bolsonaro, em detrimento da obediência devida aos governadores, são casos isolados. “É coisa de uma minoria que se conta nos dedos”, diz.


“O rumores (de desobediência) que existem não passam de rumores. E rumores não representam a verdade. Estão querendo plantar a semente de uma crise que não brotará. Nós (policiais e bombeiros militares, a exemplo das Forças Armadas) somos instituições de Estado, e não de governos. E como tal estaremos do lado da lei e da ordem. E ponto final”, declarou a Notibras.


Para ler a matéria completa, clique aqui.

0 visualização
LOGO AMEBRASIL verticalAtivo 1_3x.png